Com queda em internações por COVID-19, HSV adequa leitos para demanda geral

A partir desta semana, o Hospital São Vicente de Paulo (HSV) adequa o número de leitos dedicados aos atendimentos da COVID-19, passando de 258 para 177, sendo 92 leitos de UTI e 85 de enfermaria. A redução de 30% é feita após queda de 29%, em comparação ao dia 04 de abril, no número de média móvel de novas internações na instituição, que é referência em alta complexidade. A adequação das alas para atendimento não-COVID-19 será dedicada para a demanda geral dos demais serviços.

Neste ano foram realizadas dez ampliações de leitos na estrutura do HSV, passando de 82 leitos covid-19 (janeiro/2021) para 258 o máximo alcançado pelo hospital centenário, quase totalizando a estrutura para o atendimento aos pacientes do Novo Coronavírus. Com redução na demanda identificada nos últimos 15 dias e a tendência de platô, a adequação se faz necessária. “Jundiaí conta com o Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus (CEC) que faz a análise diária do cenário pandêmico. Conseguimos adequar a estrutura para suportar o pior momento da crise vivenciada neste ano, com planejamento e esforço das equipes. Com a estabilização, ainda que elevada, no número de casos é possível equalizar a estrutura para a necessidade atual, abrindo espaço para a demanda geral”, argumenta o prefeito Luiz Fernando Machado.

“Temos acompanhado diariamente o número de internações de novos pacientes covid-19 e percebemos uma redução de 29% com relação ao início do mês. Com isso, optamos pela redução dos leitos voltados à doença a fim de dar vazão aos demais pacientes não covid-19 que necessitam de nossa infraestrutura, como casos de urgência e emergência”, explica o superintendente do HSV, Matheus Gomes.

Dados
De acordo com o gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), Tiago Texera, Jundiaí alcançou 100 mil acolhimentos de síndrome gripal, entre todos serviços de atendimento exclusivos para casos de COVID-19, implantados na cidade desde o dia 05 de março, do ano passado. “Vivenciamos o período classificado com o de estabilização no número de novos casos. Nas últimas duas semanas tivemos a queda de 3.927 atendimentos na semana de 14/03 a 20/03 para 1.970 entre 11/04 a 17/04, uma redução de quase 50%. No entanto, não é momento para relaxar nas medidas de proteção, pois o vírus permanece em circulação”, detalha.

Assessoria de Imprensa Prefeitura de Jundiaí

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *