Filhotes de arara-azul nascem por incubação artificial em zoo de Itatiba

Três filhotes de arara-azul nasceram no Zooparque de Itatiba (SP) no fim de outubro por incubação artificial. De acordo com o zoo, é a primeira vez que a espécie se reproduz no local.

Os filhotes nasceram nos dias 23, 25 e 26 de outubro no setor de maternidade. Eles foram mantidos sob os cuidados da cuidadora de animais Paula Fabiana Martins e de uma equipe experiente com o manejo neonatal dessa espécie.

Atualmente, o Zooparque Itatiba possui dois casais de arara-azul e o casal formado pelos pais dos filhotes está junto há cerca de três anos.

Todos os cuidados com o casal, desde alimentação, manejo e monitoramento comportamental durante o período reprodutivo foram realizados pelo cuidador de animais Gerson Donizete Martins.

Ainda de acordo com o Zooparque, não é possível saber a sexagem dos filhotes, feita somente através de análise de DNA nos próximos dias.

Nascimento de filhotes de arara-azul ocorreu no fim de outubro — Foto: Divulgação/Zooparque Itatiba

Arara-azul nasceu por incubação artificial — Foto: Divulgação/Zooparque Itatiba

Arara-azul

A arara-azul costuma fazer a postura de um a três ovos, que são incubados por cerca 27 a 30 dias. Geralmente apenas um sobrevive e o filhote permanece no ninho em média por 107 dias.

Após a sair do ninho, os jovens continuam dependendo dos pais para fornecer sua alimentação. Eles se tornam totalmente dependentes após o primeiro ano de vida. Devido a esses fatores, a arara-azul faz apenas uma postura por ano, ou conforme determinadas condições, apenas a cada dois anos.

A destruição do habitat relacionada à caça ilegal e a baixa taxa de natalidade fez com que o número de araras na natureza diminuísse drasticamente nas últimas décadas, tornando essa espécie ameaçada de extinção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *