Mais de 40 eleitores estão aptos a usar o nome social durante votação

Mais de 40 moradores estão aptos a votar com o nome social nas eleições municipais deste ano na região de Jundiaí (SP), segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Esta é a segunda eleição no Brasil na qual a Justiça Eleitoral aceita a inclusão do nome social no cadastro do eleitor.

A alteração tem que ser feita no cartório eleitoral, mas só vai ter esse direito na votação deste domingo (15) o eleitor que fez o pedido até maio.

Nos sete municípios que fazem parte do aglomerado urbano de Jundiaí, são 44 aptos: 18 em Jundiaí, nove em Campo Limpo Paulista, seis em Itupeva, cinco em Várzea Paulista, três em Itatiba, dois em Jarinu e um em Cabreúva.

Para a presidente do Centro de Apoio e Inclusão Social de Travestis e Transexuais de Jundiaí (Cais), Samy Fortes, o uso do nome social no dia da votação é uma questão de respeito e de direitos.

Na região de Jundiaí, o Cais – Centro de Apoio e Inclusão Social de Travestis e Transexuais atende a mais de 800 pessoas. A entidade fez uma carta-compromisso com 31 itens e entregou para todos os candidatos a prefeito de Jundiaí. O documento foi elaborado por membros do Cais e por ativistas de movimentos apartidários.

Fonte: G1; Foto: Reprodução TVTEM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *