Paulista não faz sua parte e é rebaixado para a Série B1

O Paulista depois de 357 dias está oficialmente de volta ao “inferno” que se chama a 4ª divisão do Paulistão, a popular Bezinha, que também deverá no futuro próximo ser chamada de Série B1, mas atualmente ainda tem a nomenclatura “disfarçada” de Segunda Divisão sub-23.  O Paulista não fez a sua parte e perdeu de 1 a 0 para um desinteressado Velo Clube, na tarde deste sábado, em Rio Claro. A combinação de resultados ajudou o Galo, que se marcasse um mísero gol se salva.

E a melhor chance do Paulista ocorreu aos 16 minutos, com Leandro Lima, que recebeu na frente do gol, dentro da pequena área e sem goleiro. Era ele a bola e o gol. Mas a bola bateu em seu pé e foi para fora. Uma chance que era para bater de “chapa”. E foi-se a melhor chance do Tricolor.

Só que no decorrer dos minutos entre o fim do primeiro e o começo do segundo tempo, duas notícias positivas: gols de Noroeste e Marília. O Noroeste marcava 1 a 0 no Grêmio Osasco. E o Marília anotava 1 a 0 no Barretos. Só que faltava a terceira noticia positiva: o gol do Paulista. Só que ele não saia.

E apesar dos resultados o ajudarem – ainda mais com o segundo gol do Marília sobre o Barretos, o time pouco ameaçou o gol de Eduardo. O Paulista insistiu muito em bolas cruzadas na área, especialmente no segundo tempo.

A melhor chance ocorreu aos 30 minutos com Alex Junior, que havia acabado de entrar, e dentro da pequena área, finalizou de forma fraca na mão do goleiro Eduardo.

E aos 41 minutos, Euller com toque sutil na área derrubou Vitão na área e o árbitro marcou pênalti. Nenhum jogador do Galo reclamou com Rafael Felix, juiz do jogo da marcação. Nem sequer cercaram ele. Felipinho cobrou alto a penalidade, marcou 1 a 0 para o Velo e derrubou o Tricolor.

No fim, o Noroeste venceu o Grêmio Osasco por 1 a 0, em Bauru. O Marília conseguiu uma vitória heroica sobre o Barretos também por 1 a 0. Só que o Paulista não foi competente, como em toda Série A3, perdeu por 1 a 0 com o Velo Clube, em Rio Claro. O Galo termina rebaixado a Série B1 com 11 pontos ganhos e na última colocação (16º).

(Texto: Thiago Olim; Foto: Gustavo Amorim – www.esportejundiai.com)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *