Jundiaí faz mais uma redução de leitos de enfermagem após nova queda de internações

 

Apesar de os números de contaminações pela Covid-19 ainda estarem em patamares elevados, com mais de 1 mil pessoas positivas para a doença, em média, por semana, o impacto na atendimento em hospital público para pacientes com o Novo Coronavírus tem diminuído há cinco semanas sequenciais. Resultado da vacinação, iniciada há pouco mais de seis meses, que tem promovido a proteção dos grupos mais vulneráveis às complicações da doença. Com o cenário em melhoria, o Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus (CEC) da Prefeitura de Jundiaí e o Hospital São Vicente de Paulo (HSV), realizam a sexta redução – em um único mês – de leitos exclusivos dedicados ao tratamento da Covid-19, nesta sexta-feira (23). Ao todo, o hospital centenário passa a contar com 17 leitos de enfermaria (até então eram 36) e os 52 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). No sistema público como um todo, Jundiaí conta ainda com outros 14 leitos de enfermagem dedicados ao atendimento à doença na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Vetor Oeste.

“Temos bons números, que demonstram a eficiência do trabalho desenvolvido em Jundiaí, tanto na vacinação quanto no atendimento aos casos com identificação, testagem monitoramento e cuidado, além da colaboração da população, na adoção das medidas de proteção individual. Os indicadores são positivos, mas é necessário que todos tenham em mente que a pandemia não acabou e que as medidas de prevenção são essenciais para que não haja retrocesso”, comenta o prefeito Luiz Fernando Machado.

Sexta redução de leitos realizada no mês de julho: resultado de vacinação e medidas de proteção entre a população

De acordo com dados do HSV, o local passa a contar com 69 leitos, ou seja, uma redução de 21% com relação a adequação anterior. Em julho do ano passado, eram 192 leitos, contando os leitos do HSV e do hospital de Campanha. Para efeito de comparação, a média móvel de novas internações diárias no dia 07 de julho era de 11,29. Na quarta-feira, dia 21, a demanda foi reduzida para 7. Redução de 38%. No ano passado, as médias móveis para os respectivos dias foram 13 e 11, ou seja, redução de 46% em relação ao ano anterior.

Vacinação

Até quinta-feira (22), Jundiaí registrava mais de 50% da população tendo recebido ao menos uma dose das vacinas autorizadas pela Anvisa para a aplicação entre a população. “É nítido o impacto positivo que a vacinação promove entre a população. Identificamos, somente entre os profissionais da Saúde, que estão na linha de frente de cuidado, redução de 86% no número de contaminações entre esse grupo na comparação entre os meses de junho e julho de 2020 e 2021, com o registro de 508 e 71, respectivamente”, comenta o gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), Tiago Texera.

Avanço da vacinação segue em Jundiaí, com aplicações em primeira e segunda doses

Em relação ao perfil dos pacientes, a UGPS acrescenta que a vacinação mudou o perfil das internações. Em junho de 2020, 58% das internações no município eram de pessoas como mais de 60 anos. Neste ano, em junho/julho, 36% das internações são de maiores de 60 anos. A queda, comparando os períodos, foi de 22%. Atualmente a faixa etária que mais interna é de 40 a 59 anos – 47% das internações estão nesta faixa etária, sendo 20% de 40 a 49 anos e 27% de 50 a 59 anos. Para esse grupo foi concluída a vacinação e a tendência é de continuar sustentando a queda nos indicadores de contaminados e de internações.

Contudo, cabe ressaltar que o vírus não parou de circular e continua sendo fundamental que a população, mesmo entre as pessoas que já receberam as duas doses de vacina, mantenham os protocolos sanitários de segurança para evitar a transmissão da doença, pois, mesmo vacinado, é possível desenvolver a doença – sem sintomas – e passar a transmiti-la caso não sejam adotadas todas as medidas preventivas de saúde (uso de máscara, distanciamento, higienização frequente das mãos).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *